Federação Catarinense de Motociclismo

Cross Country volta a Canelinha para
a segunda etapa. Confira como foi
Texto e fotos: Gerson Coas / FCM

Largada XC1 - XC2

O Campeonato Catarinense de Cross Country retornou a Canelinha para a realização da segunda etapa. Desta vez foi na Fazenda Silva Neto – juntamente com a programação do rodeio, e assim como no ano passado, todas as atividades da etapa ficaram restritas ao domingo, 8 de setembro.

Na parte da manhã foram duas sessões de treinos para os competidores pegarem a mão do traçado. No grupo das motos especiais Douglas de Souza, Rafael Reis e Cristiano de Oliveira foram os mais rápidos.

No segundo treino das motos nacionais, Jackson Carniel, Iago Pereira e Diego Diel dominaram.

Baterias


Cristiano de Oliveira

Por serem baterias mais longas, de regra geral duas ou mais categorias largam juntas. XC1 e XC2 partiram para os 30 minutos mais duas voltas da prova. Douglas e Rafael conseguiram sair na frente, mas logo Cristiano de Oliveira passou e seguiu rumo a quadriculada, deixando as disputas por posições longe dele. Agora com duas vitórias, Cristiano lidera a classificação. “Essa pista era bem mais rápida que a da primeira etapa e o pessoal andou forte. Na largada o Douglas e o Rafael me passaram, mas aí recuperei e mantive o ritmo para vencer”, falou.


Douglas de Souza

Douglas fechou a bateria em segundo, Rafael sentiu o cansaço nos minutos finais e preferiu  garantir o terceiro lugar – mas o primeiro entre as XC2 (250cc), seguido de João Carlos Ferreti.


Rafael Reis

Luciano Farias largou em último e num ritmo mais forte recuperou posições. Já nos instantes finais ele e Mirko dos Santos se envolveram num incidente que gerou discussões. A manobra está em investigação, colocando o resultado dos dois pilotos sob júdice.


João Carlos Ferreti

Pódio XC1

Entre as baterias das classes XC3 e XC4, quase uma repetição de resultados. Cristiano venceu a XC3, seguido de Douglas. Na XC4 Mirko levou a vitória, com Ricardo Augut na segunda colocação.


Mirko dos Santos

Motos nacionais

Liderando o grupo desde a largada Jackson Carniel venceu a prova no geral e a classe Nacional B.


Jackson Carniel

Com a vantagem aberta no início da bateria, ele ainda teve margem para garantir o resultado mesmo pilotando com o pneu traseiro furado durante as últimas seis voltas. “Eu vim preparado para uma prova forte. Afinal, isso aqui é Campeonato Catarinense. Larguei e acelerei o que deu.  Aconteceu de furar o pneu, mas... corrida é isso aí e felizmente consegui a vitória”, disse Jackson.


Luiz Antônio da Silva e a sombra de Rodrigo da Silva

O vencedor da Nacional A Luiz Antônio da Silva – segundo colocado no geral, teve a incômoda presença de Rodrigo da Silva fazendo sombra. Os dois passaram na linha de chegada com diferença de 389 milésimos. Na Nacional 150cc (street) o ganhador foi Carlos Pereira.


Carlos Alberto Pereira

Estreantes e trilheiros

Gate cheio na largada que reuniu os pilotos das classes estreantes (nacionais e especiais) e trilheiros (nacionais e especiais).


Iago Pereira

O campeão geral foi Iago Pereira (estreante nacional), seguido do vencedor da estreante especial Leonardo Kammer.  Diego Diel venceu a trilheiro nacional e Pedro Furtado Silva e trilheiro especial.


Leonardo Kammer


Pódio Trilheiros Especial

A segunda etapa do Campeonato Catarinense de Cross Country foi uma realização da Fazenda Silva Neto, sob a supervisão da Federação Catarinense de Motociclismo, com o apoio do Grupo Geração, Destak Transportes, Motoshop, Motos Neno, TBT e IMS Racing. A próxima etapa do campeonato será em Joinville, nos dias 21 e 22 de setembro.

Pódio da segunda etapa do Catarinense de Cross Country 

Categoria XC1 (* sob júdice)
1º) Cristiano Silveira de Oliveira
2º) Douglas de Souza
3º) Rafael Reis
4º) Leonardo Silva Kammer
5º) Luciano Luiz Farias

Categoria XC2
1º) Rafael Reis
2º) Joao Carlos Ferretti

Categoria XC3
1º) Cristiano Silveira de Oliveira
2º) Douglas de Souza
3º) Luciano Luiz Farias
4º) Mirko André dos Santos

Categoria XC4
1º) Mirko André dos Santos
2º) Ricardo Kamencic Agut
3º) Antonio Manoel da Rosa
4º) Maurecir Mafra
5º) Everson Luciano Silva

Categoria Nacional A
1º) Luiz Antonio da Silva
2º) Rodrigo da Silva
3º) Jeffrei Diego Jahn
4º) Carlos Arthur Frohlich

Categoria Nacional B
1º) Jackson Henning Carniel
2º) Rodrigo da Silva
3º) Carlos Alberto Schnaider Filho
4º) Alexandre Ferreti
5º) Rodrigo Souza

Categoria Estreante Especial
1º) Leonardo Silva Kammer
2º) Alisson dos Santos Serpa
3º) Rodrigo Souza
4º) Everilson Darosci
5º) Cidnei Estevão Felisbino

Categoria Estreante Nacional
1º) Iago Borges Pereira
2º) Diego Diel
3º) Gilberto Alvaro Assini
4º) Luiz Antonio da Silva
5º) Everson de Oliveira

Categoria Trilheiro Especial
1º) Pedro Furtado Silva
2º) Maicon Crispim
3º) Gabriel da Silva Reis
4º) Cidnei Estevão Felisbino

Categoria Trilheiro Nacional
1º) Diego Diel
2º) Emerson Varela da Silva
3º) Rodrigo Leodir Pinton
4º) Anezio Voltolini Junio

Categoria Street
1º) Carlos Alberto Pereira
2º) Marcos Cirilo Sperandio
3º) Lucas da Silva Delfes
4º) Tiago Mafra
5º) Luis Claudio Nogueira Domingues Júnior

 

Classificação do  campeonato após a segunda etapa (extra-oficial)

Categoria XC1
1º) Cristiano Silveira de Oliveira - 50 pts
2º) Luciano Luiz Farias - 34 pts
3º) Mirko André dos Santos - 34 pts
4º) Douglas de Souza - 22 pts
5º) Luzenir Jose Cardoso - 22 pts

Categoria XC2
1º) Luzenir Jose Cardoso - 25 pts
2º) Fabiano Bernardo - 22 pts
3º) Joao Carlos Ferretti - 20 pts
4º) Alexandro Zuque - 18 pts
5º) Fabio Lobo - 16 pts

Categoria XC3
1º) Cristiano Silveira de Oliveira - 47 pts
2º) Luciano Luiz Farias - 36 pts
3º) Mirko André dos Santos - 36 pts
4º) Richard Berois - 25 pts
5º) Douglas de Souza - 22 pts

Categoria XC4
1º) Mirko André dos Santos - 50 pts
2º) Antônio Manoel da Rosa - 42 pts
3º) Maurecir Mafra - 38 pts
4º) Moacir Silveira Junior - 22 pts
5º) Everson Luciano Silva - 18 pts

Categoria Nacional A
1º) Alexandro Carvalho - 25 pts
2º) Rodrigo da Silva - 22 pts
3º) Carlos Arthur Frohlich - 20 pts

Categoria Nacional B
1º) Carlos Alberto Schnaider Filho - 44 pts
2º) Rodrigo da Silva - 43 pts
3º) Carlos Arthur Frohlich - 36 pts
4º) Alexandro Carvalho - 25 pts
5º) Emerson Varela da Silva - 20 pts

 

Apoio:

FCM

Federação Catarinense de Motociclismo

Rua Comandante José Ricardo Nunes, 79
Capoeiras - Florianópolis - SC - 88070-220
Fone: (48) 3248-1950 Fax: 3348-8681
Email: fcm.sec@gmail.com

2001-2015 Todos os direitos reservados - Proibida reprodução do conteúdo sem autorização.