Federação Catarinense de Motociclismo

Pista de Canelinha retorna ao
formato original do Mundial
Texto e fotos: Reportagem FCM

Acatando a sugestão de pilotos, a organização da terceira etapa do Brasileiro de Motocross optou em alterar a pista usada no Brasileiro em 2012, voltando ao formato original no Mundial de Motocross 2009.

Essas alterações estão basicamente concentradas em frente ao setor da ferradura. Após a sessão de costelas, a pista agora vira imediatamente à esquerda, seguindo para a mesa da ferradura, sendo que aquele duplo feito após essa mesa também foi retirado. Ou seja, voltou tudo ao o que era no mundial.

“Muitos pilotos nos pediram essas mudanças. Realmente, esse trecho da pista se mostrou complicado na última prova... formava uma só linha e ocorreram muitas quedas”, disse o presidente da FCM Kiko Cidade, que está supervisionando os reparos no circuito.

Em compensação, o famoso triplo Desalle, salto em subida que fica logo na sequência também será levemente alterado. “Vamos modificar esse obstáculo, mas sem descaracterizá-lo. A idéia é fazer com que os pilotos das 250cc também possam tentar mandar esse triplo”, disse Kiko, já que esse obstáculo é um dos grandes saltos da pista e que mais impressiona o público.

No mais, a pista teve apenas retoques, deixando tudo como era antes. Para soltar o solo, todos os trechos planos foram escarificados e gradeados, prontos para receber a irrigação necessária.

O Campeonato Brasileiro de Motocross 2014 é organizado pela CBM e tem o patrocínio da Honda, Yamaha, Rinaldi, Peterlongo, Levorin, Petrobras, Lubrax e IMS. A terceira etapa é uma realização a Federação Catarinense de Motociclismo, Prefeitura e Canelinha e Motoclube de Canelinha.

Apoio:

FCM

Federação Catarinense de Motociclismo

Rua Comandante José Ricardo Nunes, 79
Capoeiras - Florianópolis - SC - 88070-220
Fone: (48) 3248-1950 Fax: 3348-8681
Email: fcm.sec@gmail.com

2001-2015 Todos os direitos reservados - Proibida reprodução do conteúdo sem autorização.