Federação Catarinense de Motociclismo

Chumbinho e Campano lutam por título
no Brasileiro de Motocross
Texto: Danilo Caboclo / FCM

Campano tem que descontar 21 pts em 4 baterias (foto: Tiago Wolf)

Para ser campeão Chumbo precisa vencer e Davis ficar fora do pódio (foto: GCoas)

O Campeonato Brasileiro de Motocross chega à reta final e neste final de semana a sétima etapa será fundamental para definir os campeões do ano. E na briga pelo título aparecem alguns pilotos catarinenses, com chances reais de brigar pelo topo do pódio ao final da temporada. Carlos Campano e Milton “Chumbinho” Becker são os que aparecem com as melhores condições, sendo os atuais vice-líderes do ranking nas categorias MX1 e MX3, respectivamente. O palco da competição será a pista de 1.530 metros recém-construída na área do Hotel Fazenda Pampas, em Santa Maria, no Rio Grande do Sul.

Na MX3, a briga de Chumbinho será contra o paranaense Davis Guimarães. Os dois polarizaram a disputa pelo título, com vantagem para Davis que abriu oito pontos de diferença para o piloto de Joinville. Esta será a última etapa do ano para a MX3, uma vez que essa classe não será disputada no evento final em Toledo, no Paraná.

Ainda pela MX3, Richard Berois aparece na terceira posição e não tem mais chances de brigar pelo título, uma vez que sua desvantagem com relação ao líder Davis é de 37 pontos. Mesmo assim o catarinense  não terá vida fácil, tendo vantagem de apenas um ponto para a quarta colocada, a mineira Mariana Balbi.

 

Partindo para os últimos 100 pontos da temporada

Já na principal categoria do motocross nacional, a MX1, as chances de Carlos Campano brigar pelo título do ano são maiores, apesar da diferença de 21 pontos para o líder Jetro Salazar. O espanhol radicado em São José (SC) tem, além da etapa de Santa Maria, mais uma chance de tirar a diferença para o equatoriano Jetro no final de semana seguinte, quando está programada e oitava e derradeira etapa do Campeonato Brasileiro, em Toledo. Na ocasião, estarão em disputa as categorias MX1 e MX2, além MX4, MXF e 230cc que terão os campeões definidos nesta única etapa. 

Nas categorias MX1 e MX2 acontecem duas baterias por etapa, colocando em jogo mais 100 pontos na disputa até o final da temporada. Dessa forma, Campano pode se aproximar ainda mais de Jetro, mas para isso precisa conquistar ótimos resultados em todas as baterias e ainda torcer contra seu adversário.

 

Para mais informações acesse o site: www.cbm.esp.br

 

Programação:

 

SÁBADO - 11/10 –

TREINOS LIVRES – a partir das 08h

TREINOS CRONOMETRADOS – a partir das 10h45

PROVAS

15:00 - 15min + 2 voltas – 65cc

15:40 - 20min + 2 voltas – MX3

16:25 - 15min + 2 voltas – 50cc

16:50 - PÓDIO DAS CATEGORIAS: MX3, 65cc e 50cc.

 

DOMINGO 12/10/2014

WARM UP – a partir das 09h

PROVAS

11:40 - MX2/ 1ª Bateria – 30min. + 2 voltas

12:40 – MX1 1ª Bateria – 30 min. + 2voltas

13:30 – Junior – 20 min. + 2 voltas

14:10 -  CERIMONIAL

14:50 – MX2/ 2ª Bateria – 30min. + 2 voltas

16:00 – MX1/ 2ª Bateria – 30min. + 2 voltas

Apoio:

FCM

Federação Catarinense de Motociclismo

Rua Comandante José Ricardo Nunes, 79
Capoeiras - Florianópolis - SC - 88070-220
Fone: (48) 3248-1950 Fax: 3348-8681
Email: fcm.sec@gmail.com

2001-2015 Todos os direitos reservados - Proibida reprodução do conteúdo sem autorização.