Federação Catarinense de Motociclismo

Dunka - MX1 e Brayan - MX2 vencem e ampliam
a liderança no Catarinense de Motocross
Texto: Reportagem FCM - com informações de Tiago Wolf - Fotos: Ana Carolina da Silva

Lucas Dunka

Nem os 900 km entre Campinas /SP e Braço do Norte tiraram a ânimo de Lucas Dunka e José Brayan Soares para participar da 4ª etapa do Campeonato Catarinense de Motocross. Na noite de sábado, 9 de julho, os dois disputaram no Arena Cross e viraram a noite para competir na comunidade de Pinheiral. E todo o esforço foi recompensado:  no domingo foram eles os protagonistas e vencedores das baterias da MX1 (Lucas) e MX2 (Brayan). Nas baterias da MX3 e MX4 deu Milton Becker em primeiro.


Brayan Soares

A pista da localidade de Pinheral, já e bem conhecida dos pilotos, porém foi ampliada para essa etapa, usando a inclinação natural do terreno deixando o circuito ainda melhor. Pela MX1, Thiago Brenner  começou na frente seguido por Brayan e Dunka, que não demorou para assumir a ponta e abrir uma pequena mas confortável vantagem. Brayan ficou algumas voltas disputando com Thiago até conseguir passar e garantir o segundo lugar. Com a vitória Dunka amplia a vantagem na classificação geral, colocando 15 pontos sobre Brayan.


Thiago Brenner

Um dos estreantes de destaque na temporada, Gilmar Longen Júnior liderou o inicio da MX2, até ser superado por Brayan que foi distanciando até vencer. Thiago Brenner superou Junior no final da bateria e ficou com a segunda colocação. Dunka se enroscou com Brayan no inicio da prova, teve que ir ao pit e finalizou com a sexta colocação. Porém, aqui Brayan soma 17 pontos de vantagem frente a Dunka na disputa pela liderança da classificação.


Chumbo

Pela MX3 e MX4 Milton Becker confirmou o favoritismo e venceu de ponta a ponta. Erivelton Nicoladelli até acompanhou o líder no inicio, mas foi perdendo contato e finalizou na segunda posição. Alex Cavalca completou a prova com a terceira colocação.


Nicoladelli

Largada da Intermediária

As categorias Intermediária MX1 e Intermediaria MX2 largaram juntas dessa vez, proporcionando uma prova de boas disputas do início ao fim.  Andando de 250cc, Gilmar Longen  foi brigando com as 450cc até assumir a liderança e conseguir distanciar um pouco no final para confirmar a vitória.


Gilmar Longen Jr.

Hugo Felipe superou Alex Cavalca faltando apenas duas voltas do fim e garantiu a vitória entre as 450cc.


Cássio Anacleto

Nas motos Nacionais, Cassio Anacleto teve um inicio discreto, mas foi ganhando posições a cada volta até assumir a primeira posição e confirmar a vitória. Nessa  temporada Cássio está filiado no Rio Grande do Sul, onde lidera o campeonato. Mauricio Ricardo Abreu correu de olho no regulamento e com a segunda colocação na prova, volta a liderança da categoria.


Vanderlei de Souza Jr

Entre as categorias de base, Vanderlei de Souza Junior venceu mais uma na 85cc/Júnior e aumenta a vantagem na classificação. Darlan Milvertdt chegou a liderar algumas voltas, porém errou e a disputa pela vitória ficou entre Olivio Gabriel e Vanderlei de Souza Jr. Vanderlei foi pra cima de Olívio no final da bateria e conseguiu a ultrapassagem na última volta.


Raul Miranda

Na 65cc Raul Miranda não fez boa largada, mas foi ganhando posições a cada volta até confirmar a vitória. Pela 55cc, vitória de Victor Hugo de Borba seguido por Derek Slater. 


Victor Hugo

A prova de Braço do Norte - Pinheiral foi uma realização do Centro Comunitário de Pinheiral, sob a supervisão da Federação Catarinense de Motociclismo, e apoio da Borilli e Motos Neno Yamaha.

Acesse os resultados completos da 4ª etapa do Catarinense de Motocross

Apoio:

FCM

Federação Catarinense de Motociclismo

Rua Comandante José Ricardo Nunes, 79
Capoeiras - Florianópolis - SC - 88070-220
Fone: (48) 3248-1950 Fax: 3348-8681
Email: fcm.sec@gmail.com

2001-2015 Todos os direitos reservados - Proibida reprodução do conteúdo sem autorização.