Federação Catarinense de Motociclismo

Cascaes conquista o bicampeonato na Production
e Pezão é vice-campeão na Over 45
Texto: Reportagem FCM

Após 3.212 quilômetros e sete dias de competição, os pilotos catarinenses comemoraram na chegada do Rally dos Sertões 2016. E dentre eles, dois pódios perecidos: Guilherme Cascaes – campeão da Production, e Marisérgio “Pezão” Kons – vice-campeão da Over 45.


Cascaes é bicampeão do Sertões na Production (foto: Magnus Torquato/Vipcomm)

Dos 47 pilotos que se inscreveram na categoria das Motos, 33 conseguiram chegar a etapa final. Cascaes fez uma escalada a cada dia e manteve nessa fase final a liderança da classe Production Aberta obtida durante a etapa de sexta feira, fechando a competição na quarta colocação geral. Assim ele assegurou o bicampeonato da Production Aberta (2014 e 2016) completando a etapa final na 12ª colocação. “Tive problemas no início mas não desisti, busquei o resultado em cada etapa. Sobrevivi a todas as dificuldades, inclusive à etapa maratona no Jalapão, que foi decisiva. O gosto dessa conquista é ainda mais especial por todas as dificuldades”, explicou Cascaes.

Pezão também fez uma prova com resultados crescentes, desempenho que lhe conferiu a 13ª colocação geral da prova e a segunda colocação da Over 45.


Pezão conquistou foi o vice-campeão da Over 45 (foto: Marcelo Machado/Vipcomm)

Aos 54 anos, Jovânio "Palhoça" Frutuoso ocupava a terceira colocação da categoria Over45 até a penúltima etapa, quando caiu de uma ponte e não conseguiu terminar a especial. Bem fisicamente, voltou a largar na etapa final neste sábado para cumprir o objetivo inicial: terminar a prova.

Márcio Adami chegou a ocupar a quarta colocação da Over 45, mas infelizmente também teve problemas na sexta etapa e fechou o rally terminando na sétima colocação da colocação da categoria.

Luciano Gomes também beliscou o pódio. Correndo na classe Marathon Luciano fechou a quinta etapa do rali na quarta colocação da categoria, e da mesma forma sofreu com a fase final da maratona de sexta-feira. Luciano fechou a sua participação no Sertões 2016 na sétima colocação da classe Marathon.


Crema enfrentou vários problemas durante a prova (foto: Ricardo Leizer/Vipcomm)

Daniel Crema teve problemas relacionados a combustível em duas ocasiões. Ele não completou a segunda etapa por conta de pena seca por um tanque extra furado e, no quinto dia de prova, sua moto parou a 1 km da chegada pelo uso de gasolina de má qualidade. "Lutei muito e me sinto feliz porque estou aqui, inteiro, bem fisicamente. Fiz minha parte. Andei bem. O treino foi correto. Mas tive azar com o combustível. Treinei o ano todo com este sistema e sempre foi tudo bem. Mas aqui algumas pedradas acabaram furando o tanque, e a má qualidade do combustível prejudicaram meu desempenho. Mas todos que chegaram foram guerreiros. Foi um Rally dos Sertões muito complicado. Teve dia de 8 horas de pilotagem. Dá orgulho saber que chegamos ao fim. É muita superação. Depende da tua força pra se virar nas adversidades. É bom pra nossa autoestima", disse Crema que fechou a prova na 10ª colocação da classe Marathon.

Ricardo Martins, que brigou pelo título da competição até sofrer um grave acidente –ele atropelou um cavalo no terceiro dia de prova e sua moto pegou fogo – , chegou ao final como membro do time de apoio. Otimista, no sábado já falava no próximo desafio: o Rally Dakar 2017. "O que aconteceu no Sertões já ficou para trás. Virei a chave e estou pensando no Dakar. Dia 2 de janeiro (2017) tem a largada do Rally Dakar e estou firme nesta meta. Vou batalhar para conseguir reestruturar todas as coisas e seguir em frente", disse Martins.


A dupla Denísio e Emílio conquistaram a 6ª col. (foto: Marcelo Machado/Vipcomm)

Entre os UTVs, a dupla catarinense Denísio Nascimento e Emilio Rockenbach não teve um bom início de rali, mas recuperou posições no decorrer das etapas e fechou a competição na sexta colocação da classe UTVS e 17ª no geral.

Apoio:

FCM

Federação Catarinense de Motociclismo

Rua Comandante José Ricardo Nunes, 79
Capoeiras - Florianópolis - SC - 88070-220
Fone: (48) 3248-1950 Fax: 3348-8681
Email: fcm.sec@gmail.com

2001-2015 Todos os direitos reservados - Proibida reprodução do conteúdo sem autorização.