Federação Catarinense de Motociclismo

Catarinenses comemoram no retorno
do Mundial de Veteranos MX
Texto: Reportagem FCM

Foi só comemoração no retorno da equipe catarinense que disputou o World Vet MX Championship, o “Mundial de Veteranos”, realizado nos dias 6 e 7 de novembro na tradicional pista de Glen Helen, em San Bernardino, na Califórnia, EUA.

Dos seis pilotos da equipe Richard Berois Competições, três deles trouxeram na bagagem o título de vice-campeão mundial nas suas categorias: Richard Berois (35+ Intermediate), Luciano Farias (40+ Novice) e Gilmar Meneghini (40+ Novice2).

Mas os bons resultado não pararam por aí. Fernando Fraga  conquistou a sétima e oitava colocações no geral de cada dia do evento na classe 35+ Novice; Rogério Schmitt fez um excelente quarto lugar no geral do primeiro dia e ainda um nono lugar no segundo dia na classe 45+ Novice2; e também Anísio Clasen que ficou na oitava colocação na categoria 40+ Intermediate.

Richard foi ainda terceiro colocado na categoria 40+ Expet, Luciano foi oitavo olocado na categoria 40+ Novice e Gilmar sétimo colocado na categoria 40+ Novice2.

Um ano muito mais complicado.

Segundo a organização, quase dobrou o número de pilotos participantes.  Já na entrada do motódromo uma fila gigantesca era formada, isso às cinco da manhã, noite escura ainda. Os treinos começavam às 7h e as corridas às 9h, e às 16h já haviam encerrado todas as 80 baterias. Para cumprir o cronograma as largadas acontecem sem intervalos, uma atrás da outra.

Richard foi campeão da classe 35+ Intermediate em 2015, e comparando com o ano passado, dessa vez o pancada foi mais forte. “Tudo estava mais difícil. Havia mais pilotos e estava muito mais competitivo”, disse ele.  Esse grande número de pilotos também deixou a pista mais difícil, com muitas cava e buracos, pois a organização precisou gradear e molhar muito o solo, em contrapartida, também  proporcionando mais segurança para os competidores.

Richard também sofreu também um pouco com a moto utilizada.  “Tive problemas para me adaptar com a moto. A moto era zero, porém não conseguimos deixá-la preparada para mim. Trocamos a suspensão, a ponteira completa, a ignição, etc.  Melhorou um pouco, porém não ficou do jeito que eu precisava. Motor ruim, suspensão ruim... Mesmo assim consegui um bom resultado e fico feliz por isso”, disse o piloto.

 A equipe contou com o patrocínio de Luciano Lâminas, Imobiliária Super, Durag, Moto Shop, Novo Estilo de Vida, Agroveterinária Três Irmãos e ASW. Lá nos EUA o time dos catarinenses foi acolhido pela equipe de Dennis Stapleton, dando o apoio durante todo o evento.

Resumo dos resultados na competição:

Richard Berois # 9
Vice–campeão Mundial na categoria 35+ Intermediate
3º colocado na categoria 40+ Expet

Luciano Farias # 914
Vice-campeão Mundial na categoria 40+ Novice
8º colocado na categoria 40+ Novice

Gilmar Meneghini # 16
Vice-campeão Mundial na categoria 40+ Novice2
7º colocado na categoria 40+ Novice2

Fernando Fraga # 219
7º colocado na categoria 35+ Novice
8º colocado na categoria 35+ Novice

Rogério Schmitt # 49
4º colocado na categoria 45+ Novice2
9º colocado na categoria 45+ Novice2

Anísio Clasen # 69
8º colocado na categoria 40+ Intermediate

Apoio:

FCM

Federação Catarinense de Motociclismo

Rua Comandante José Ricardo Nunes, 79
Capoeiras - Florianópolis - SC - 88070-220
Fone: (48) 3248-1950 Fax: 3348-8681
Email: fcm.sec@gmail.com

2001-2015 Todos os direitos reservados - Proibida reprodução do conteúdo sem autorização.