Federação Catarinense de Motociclismo

Penúltima etapa do Catarinense de Velocross
promete grandes emoções
Texto: Bruna Wagner - Assessoria FCM - Fotos: Racecross.com

 

 O velocross catarinense chega a suas etapas finais com indefinição entre os campeões das categorias. A penúltma etapa do evento a ser realizada em São Bento do Sul neste final de semana (23 e 24), promete grandes emoções aos pilotos e público presente. Além da sétima etapa do Campeonato Catarinense, também acontecerá a sexta da Copa Contestado, no Parque de Eventos Expoama.

As inscrições já estão abertas, e podem ser realizadas antecipadamente no valor de R$ 100,00 no site ou no local de prova no valor de R$ 120,00. A programação do evento será divulgada até o final da semana no site da Federação Catarinense de Motociclismo (FCM).

Na penúltima etapa do Catarinense, as disputas serão acirradas entre os pilotos afim de conquistar a maior pontuação durante as provas, visando a melhor colocação ao final do campeonato.

A categoria VX1 tem como líder Lucas Gadotti, com 122 pontos, uma boa vantagem em relação ao segundo colocado Leandro Lemos, que conquistou 109 pontos ao longo das etapas. Na VX2 Gadotti também se mantém tranquilo na liderança, com 125 pontos, 15 a mais que o piloto Gilmar Junior que tem a segunda posição na classificação.


Lucas Gadotti

 

Na VX3, a pontuação é a mesma da VX2, entre os pilotos Lemos (primeiro colocado) e Fabiano Barg, segundo no campeonato. A VX4 tem como líder Braz dos Santos, que realizou boas provas durante toda a competição e soma 125 pontos, contra 102 de Cleonisio Hessman, segundo colocado.

A Intermediária Especial terá uma disputa muito grande entre Bruno Hodecker e Darlan Milverstet, em São Bento do Sul. A diferença é de apenas dois pontos entre o primeiro colocado que é Hodecker, que tem a soma de 116. Na Força Livre Nacional a diferença tambem é pequena, com Edinilson Batista com 115, contra 109 de Jackson Carniel.


Bruno Hodecker

 

Jean Grosskopf também realiza um belo campeonato e conquistou a primeira posição com 112 pontos, seguido de Gean da Silva com 93. Na VX3 Nacional, Alex Pains possui 10 pontos de diferença do segundo colocado, Denis Bittencourt, que soma 107. Seis pontos separam o líder do segundo lugar na VX4 Nacional. Juliano Olinger alcançou 107 pontos, contra 101 de Itamar Bourscheidt.

A Intermediária Nacional possui os três primeiros colocados com diferença mínima de pontos e a prova da categoria promete emoções. Juliano Hans alcançou até o momento 101 pontos, seguido de Darlei Weiss com 95 e Fabio Valentini com 90. Maicon Kraemer também é destaque no campeonato e é líder na Nacional 230cc Satandard, com 122 pontos. O segundo lugar é de Alexsandro da Silva com 116.

Anthonny Gervásio e Pedro Todt têm realizado boas provas ao longo da competição, mas Gervásio alcançou a liderança do campeonato e possui 118 pontos, 13 a mais que Todt, o segundo colocado. Na 65cc, Gabriel Mielke tem sido impecável e conquistou o primeiro lugar em todas as provas realizadas ao longo do ano. É líder da categoria com 125 pontos, possuindo grande vantagem em relação ao segundo colocado, Vinicius Boing que soma 108 pontos.


Anthonny Gervasio

 

A Mini Motos têm uma diferença muito pequena de pontos entre os três primeros colocados. Davi Hochapfel soma 111, seguido de Eduardo Dalpra com 108 e Victor Pereira com 106. Na Nacional 160cc 4T, Luan de Paula tem se destacado e é líder com o total de 119 pontos. A segunda colocação é de Mikael Klock com cinco pontos de diferença e em terceiro Carlos Galeguinho com 103.

A classificação completa do Catarinense de Velocross com a aplicação do descarte pode ser conferida aqui.

O Campeonato Catarinense de Velocross tem o patrocínio de Rinaldi, Geração Motos e Blade Energy Drink.

Apoio:

FCM

Federação Catarinense de Motociclismo

Rua Comandante José Ricardo Nunes, 79
Capoeiras - Florianópolis - SC - 88070-220
Fone: (48) 3248-1950 Fax: 3348-8681
Email: fcm.sec@gmail.com

2001-2015 Todos os direitos reservados - Proibida reprodução do conteúdo sem autorização.