Federação Catarinense de Motociclismo

Brasileiro e Sul Brasileiro de Velocross
tem sua última etapa realizada
Texto: Bruna Wagner - Assessoria FCM - Fotos: Arquivo FCM - Tiago José Wolff

A última etapa do Campeonato Sul Brasileiro de Velocross foi realizada no final de semana (18 e 19), em Campo do Tenente. As provas aconteceram no Parque de Eventos Nossa Senhora Aparecida, com a supervisão da Federação Catarinense, Gaúcha e Paranaense de Motociclismo.

Os pilotos catarinenses realizaram grades provas nessas três etapas, e com a última realizada no Paraná, conquistaram mais um campeonato na carreira.

Edinilson Batista foi o vencedor do campeonato em duas categorias, na VX1 e Força Livre Nacional. Nas provas, o piloto ficou em segundo na VX1  e pela  Força Livre Nacional, faturou a prova, o Sul Brasileiro e também o Brasileiro de Velocross.


Edinilson Batista

 

Lucas Gadotti, ficou com a terceira posição na VX1 e a quarta na VX2, sendo vice-campeão das categorias no Sul Brasileiro. O piloto também conquistou o título no Brasileiro, pela VX1. Ainda pela VX1, Leandro Lemos não realizou uma boa prova e alcançou a sétima posição, ficando com a terceira colocação no campeonato.


Lucas Gadotti

 

Já na VX3 Especial, Lemos faturou não só a prova como o título de 2017 no Sul Brasileiro e Brasileiro, com Braz do Santos como vice nas duas competições. Santos conquistou a terceira colocação na categoria, mas foi campeão da prova e da competição nacional e do Sul pela VX4 Especial.


Leandro Lemos

 

Na 230cc Pro, Maicon Kraemer foi o segundo colocado na prova, Gean Pompeo em 5º e Jean Grosskopf na 12ª posição. Kraemer levou o título para casa e Pompeo a terceira posição no sul-brasileiro. Itamar Rodeski foi o terceiro na VX4 Nacional e ficou em quarto na classificação geral do sul-brasileiro. Moacir Santo Esidio chegou na segunda posição na prova e se tornando vice-campeão do sul-brasileiro na VX5 Nacional.


Maicon Kraemer

 

Darlan Milverstet foi o campeão da prova e campeonato pela Intermediária Especial, em que participou de todas as etapas. O catarinense Rafael de Paula, ficou com a segunda posição na prova e terceiro na geral.


Darlan Milverstet

 

Já na Intermediária Nacional, houve dobradinha na prova e competição. Leonardo Berkenbrock foi o grande campeão sul-brasileiro, seguido de Juliano Olinger, vice, e na terceira posição Cleber Keil.

Na Junior, três pilotos representavam o Estado: Anthonny Gervasio, que foi o primeiro colocado, Matheus Silva que alcançou a quarta posição e Pedro Todt, que conquistou o sexto lugar na prova. Por fim, o campeão foi Gervasio, o vice Todt e o terceiro Silva. Gervasio também levou o título brasileiro e Silva ficou com a terceira posição.


Anthonny Gervasio

 

Gabriel Mielke foi o segundo colocado na última prova do campeonato e terminou como campeão brasileiro e vice-campeão sul-brasileiro na 65cc.


Gabriel Mielke

 

Os pilotos de Santa Catarina se destaram no sul-brasileiro conquistando 8 títulos, 7 vice-campeonatos e 5 terceiros colocados. Isso se repetiu no brasileiro com 6 campeões, 2 vice-campeões e 1 terceiro colocado. Com estes resultados a FCM teve o maior número de títulos entre as federações na modalidade.

A classificação completa você pode conferir aqui. O resultado das provas pode ser acessado aqui.

Apoio:

FCM

Federação Catarinense de Motociclismo

Rua Comandante José Ricardo Nunes, 79
Capoeiras - Florianópolis - SC - 88070-220
Fone: (48) 3248-1950 Fax: 3348-8681
Email: fcm.sec@gmail.com

2001-2015 Todos os direitos reservados - Proibida reprodução do conteúdo sem autorização.