Federação Catarinense de Motociclismo

Catarinenses marcam presença na penúltima
etapa do Brasileiro de Motocross
Texto: Divulgação - CBM - Fotos: Divulgação

 

Rumo a reta final, o Campeonato Brasileiro de Motocross realizado neste final de semana, 20 e 21, em Caldas Novas (GO) recebeu mais de 350 pilotos que participaram da penúltima etapa da competição.

No sábado (20), a categoria 50cc encerrou a participação no Brasileiro tendo como campeão da prova Gustavo Torres e o segundo colocado foi o catarinense Eduardo Mielke, que terminou a temporada na quarta colocação geral.  


Eduardo Mielke

 

Ainda no sábado, pela MX3, Markolf Berchtold alcançou a oitava posição na prova da categoria.

No domingo (21), a categoria 65cc deu a largada no segundo dia de prova e a bateria foi decisiva para a conquista do título. Os pilotos catarinenses Garmichel Giehl, Rafael Becker e Vitor de Borba foram os três primeiros colocados da prova, e são respectivamente campeão, vice e terceiro colocado da temporada 2018.


Garmichel Giehl

 

Pela MX2JR e MX2 que competem juntas, mas pontuam separadas também foi marcada por boas disputas. Pela MX2, Pedro Bueno teve trabalho para se manter na primeira posição. O piloto Fábio Santos chegou a abrir mais de vinte segundos de diferença e numa recuperação surpreendente encostou no líder da primeira bateria. A decisão foi definida na segunda bateria que aconteceu durante a prova da MX Elite. Na somatória dos pontos Santos ficou no topo do pódio, seguido por Bueno e Leonardo Souza. Santos é líder da categoria e Bueno é o segundo colocado geral.


Fabio Santos

 

Gabriel Andrigo não correu pela MXJR, mas é vice-colocado na classificação geral do campeonato na categoria.

As mais de doze mil pessoas que estiveram presentes neste domingo puderam sentir a adrenalina do esporte com os pegas entre o espanhol Carlos Campano e Jetro Salazar na prova da MX1. Na primeira bateria a disputa entre os pilotos agitou a arquibancada lotada. O equatoriano Salazar se manteve na frente da bateria, chegando a ter vantagem de mais de vinte segundos de Campano. Numa recuperação emocionante, Campano não só alcançou como também trocou várias vezes de posição com o equatoriano na briga pelo primeiro lugar.  Assim como a MX2, a categoria foi definida na segunda bateria com Carlos Campano em primeiro, Jetro Salazar em segundo, seguidos por Hector Assunção, Paulo Alberto e Humberto Martin.

Na MX1, Campano é líder, seguido de Salazar. Hector Assunção é o quarto colocado geral.

Na MX Elite, Campano foi campeão, seguido de Salazar. Em quarto ficou Assunção. Santos foi o oitavo colocado e Bueno o décimo na categoria. O líder da temporada é Campano, com Salazar em segundo e Assunção em quarto.


Jetro Salazar

 

Confira o resultado completo e classificação aqui

Os pilotos das categorias MX1, MX2, MX2JR, MXF, MXJR, MX3 MX4,MX5 e Elite MX voltam a se encontrar na grande final nos dias 03 e 04 de novembro em Fagundes Varela (RS).  

 

Apoio:

FCM

Federação Catarinense de Motociclismo

Rua Comandante José Ricardo Nunes, 79
Capoeiras - Florianópolis - SC - 88070-220
Fone: (48) 3248-1950 Fax: 3348-8681
Email: fcm.sec@gmail.com

2001-2015 Todos os direitos reservados - Proibida reprodução do conteúdo sem autorização.