Federação Catarinense de Motociclismo

Com a troca do escapamento,
Cascaes retorna aos top 5
Texto: Divulgação / Reportagem FCM - Foto: Marcelo Maragni / Mundopress

Nesta sexta-feira, os competidores largaram de Euclides da Cunha Paulista (SP) com destino a Umuarama, noroeste do Paraná. O percurso da sexta etapa incluiu 316 quilômetros, sendo 199 de trechos cronometrados.

Guilherme Cascaes finalizou a sexta etapa com o quarto melhor tempo, cumprindo os 199 Km de especial em 2h05min51seg. Na vice-liderança da categoria Production Aberta e na quinta colocação da classificação geral da 23ª edição do maior rally brasileiro, o catarinense espera manter o Top 5 na bandeirada final.

"O dia de hoje foi bem interessante. A organização permitiu que eu colocasse um escape novo (a peça se quebrou na quinta-feira) por ser um item de segurança, mas, em troca dessa permissão, tomei uma penalização de cinco minutos. (Na etapa Maratora, os pilotos não podem fazer manutenção na moto, salvo estas raras exceções). No balanço, achei melhor trocar e tomar o penal do que ir com a moto sem escape, pois seria muito arriscado e perderia rendimento. Andei forte para recuperar estes cinco minutos (que haviam feitos Cascaes perder uma posição na geral) e deu certo. Agora vamos para o último dia 100% bem. A vantagem para o sexto colocado é de 12 segundos, então tenho que manter o ritmo para segurar o quinto lugar", avaliou Cascaes.

Elígio Schimitt terminou a etapa desta sexta-feira na 28ª colocação, mas ainda manteve a 23ª colocação no geral.

A última etapa será neste sábado, 8, com chegada na Usina de Itaipu, em Foz do Iguaçu. Será um roteiro com 120 Km de especial, 346 Km no total. 

Apoio:

FCM

Federação Catarinense de Motociclismo

Rua Comandante José Ricardo Nunes, 79
Capoeiras - Florianópolis - SC - 88070-220
Fone: (48) 3248-1950 Fax: 3348-8681
Email: fcm.sec@gmail.com

2001-2015 Todos os direitos reservados - Proibida reprodução do conteúdo sem autorização.