Federação Catarinense de Motociclismo

Anderson Cidade é 5º no Pan e Latino
de Supercross, no México
Texto e fotos: Divulgação - CBM

Vista panorâmica da pista de Fresnillo (Foto: Galef Montañez)

Anderson conduziu a bandeira do Brasil em Fresnillo (Fotos: Galef Montañez)

Anderson foi o quinto colocado no Pan e Latino de Supercross

O catarinense Anderson Cidade (Yamaha/Geração) conquistou a quinta colocação no Campeonato Latino e Pan-Americano de Supercross, categoria SX1, disputado no fim de semana, 14 e 15 de maio, em Fresnillo, no México. A vitória na prova ficou com o mexicano Martín García, após uma decisão polêmica, envolvendo a desclassificação do americano Tiger Lacey. Na categoria SX2, outro mexicano, Julio Zambrano, conquistou o título do campeonato (disputado em prova única) correndo em casa. “Foi uma corrida bem legal, porém, tive muitas dificuldades. A lesão, a altitude, e muito tempo sem disputar provas Supercross me atrapalharam um pouco. De qualquer forma, o evento foi muito bonito e com grandes pilotos. A maioria mora nos Estados Unidos, independentemente do seu país de origem”, declarou.

Único brasileiro na competição, Cidade não chegou a Fresnillo 100% fisicamente. Representante do nosso país no Motocross das Nações de 2010, nos Estados Unidos, o piloto sofreu uma queda nos treinos para a 2ª etapa do Brasileiro de Motocross, em Carlos Barbosa/RS, na semana anterior. A queda resultou em uma fissura de úmero e um estiramento no tornozelo. “Na classificatória eu larguei em segundo, mas logo na primeira volta um piloto pulou em cima de mim no triplo. Com isso, saí da corrida classificatória e fiquei no ambulatório. Mesmo assim decidi disputar a final, mas entrei por último no gate para escolher a posição de largada”, ressaltou o brasileiro.

Além do tempo no ambulatório, a queda ainda traria mais problemas para Cidade.

“Na correria, não vimos que o disco de freio traseiro havia entortado. Corri a final sem freio traseiro, o que no Supercross é quase impossível. Como fui o último a escolher o gate, fiz uma péssima largada. Mas mesmo sem freio vim me recuperando e terminei em quinto, colado no quarto colocado”, completou.

“Valeu muito a experiência. Os organizadores me ajudaram muito por lá e tive um suporte muito bom. Só tenho que agradecer o carinho que recebi de todo o povo mexicano. Foi incrível. Nunca fui tão assediado em uma corrida. A toda hora dando autógrafos, batendo fotos, etc. O público de lá é muito apaixonado pelo esporte e pelos pilotos”, finalizou.

Após a participação na prova, Anderson Cidade foi convidado a voltar a Fresnillo, em agosto, para disputar a etapa do Campeonato Mexicano.

Confira o resultado das provas:

Categoria SX1:
1º - Martín Garcia (México) - Suzuki
2º - Stefan Castillo (Guatemala) - Yamaha
3º - Tomas Pablo Castillo (Guatemala) - Yamaha
4º - Rubén Alanis (México) - KTM
5º - Anderson Cidade (Brasil) - Yamaha
6º - Eleazar Solis (México) - Yamaha
7º - Javier Nevarez (México) - Suzuki
8º - Alberto Heredia (México) - Yamaha
9º - Jorge Bujanda (México) - Yamaha
10º - Israel Camacho (México) - Kawasaki

 

Apoio:

FCM

Federação Catarinense de Motociclismo

Rua Comandante José Ricardo Nunes, 79
Capoeiras - Florianópolis - SC - 88070-220
Fone: (48) 3248-1950 Fax: 3348-8681
Email: fcm.sec@gmail.com

2001-2015 Todos os direitos reservados - Proibida reprodução do conteúdo sem autorização.